Bernadete Faria

Bernadete Faria

Bernadete Faria (Representante oficial do Pas de Cuba)

Jornalista e Produtora Cultural, pós-graduada em Comunicação Pública e Marketing, com mais de 30 anos de atividade nas diversas mídias: Jornal, Rádio Televisão e Web. Em 1990 fundou a Perfil Comunicações, atuando em Assessoria de Imprensa e Marketing, na realização de eventos científicos, educativos e culturais.

Em 2000 a empresa se transforma na Perfil Produções contemplando o segmento da Produção Cultural, representando atores, músicos, artistas plásticos e eventos desta natureza. Em 2009 Iniciou um Intercâmbio Cultural entre Brasil e Cuba.

A partir de uma representação do Ballet Nacional daquele país, criou o “Pas de Cuba”, que anualmente traz para o Brasil, mestres da renomada companhia cubana. Todos os anos, dentro deste Intercâmbio Cultural entre Brasil e Cuba, a Perfil Produções patrocina cerca de 30 bolsas para bailarinos no projeto Pas de Cuba, previamente selecionados em audição técnica.

O sucesso deste evento resultou em números surpreendentes já em sua primeira edição: Mais de cem participantes provenientes de 40 escolas de balé de todo o Brasil e até do exterior. No encerramento deste primeiro Intercâmbio realizou-se em Campinas, no teatro do Centro de Convivência Cultural, a I Gala Pas de Cuba, sob sua direção. Estiveram presente, prestigiando o evento, o Cônsul Geral de Cuba no Brasil, na época, sr. Carlos Trejo e sua esposa a então consulesa Georgina Németh, além de autoridades locais, como o presidente da Ciatec, Luiz Carlos Rocha Gaspar, que recepcionou as autoridades consulares.

Em 2010 a Perfil Produções prestou uma grande homenagem à Bailarina Absoluta de Cuba, Alicia Alonso, fundadora do Ballet Nacional de Cuba, como parte das celebrações de seu aniversário de 90 anos. Uma noite de Gala, no Theatro Municipal de Paulínia (o maior do Interior Paulista), mais uma vez reuniu as autoridades consulares de Cuba no Brasil. Um belo espetáculo apresentando retrospectiva histórica da trajetória artística de Alícia Alonso,a partir dos ballets de repertório que ela dançou ao longo de sua carreira. Aplaudido de pé por uma platéia de 1.500 pessoas, muitas revelaram surpresas, que nunca haviam ouvido falar em Alícia ou mesmo no BNC.Um evento inesquecível e imortalizado em livro do escritor Raimundo Lonato, que relata os grandes eventos de dança que já passaram pelo Theatro Municipal de Paulínia.

Em 2011, por ocasião das celebrações do Momento Itália no Brasil, a Perfil realizou em conjunto com o vice-consulado da Itália, em Campinas, alguns eventos de cunho cultural, envolvendo inclusive a comunidade italiana da vizinha cidade de Valinhos. E mais uma vez os participantes do Pas de Cuba subiram ao palco do Theatro Municipal de Paulínia, desta vez para homenagear a Itália. O mesmo espetáculo foi também apresentado no Auditório Municipal de Valinhos, cidade sede do III Pas de Cuba e tradicional reduto da comunidade italiana na Região Metropolitana de Campinas.

Em 2012 Tem início o programa de bolsas de estudo para bailarinos brasileiros se aperfeiçoar em Cuba.

Visando intensificar este Intercâmbio no segmento do ballet, a Perfil passa a enviar bailarinos para se aperfeiçoar nas Cátedras de Dança do Ballet Nacional de Cuba em Havana. Os mesmos são selecionados durante a realização do Curso Intensivo de Inverno Pas de Cuba, que acontece anualmente durante as férias de julho.

Em 2015 e no ano seguinte, o Pas de Cuba muda sua sede para Salvador - Bahia, no Ballet Rosana Abubakir, com absoluto sucesso.

Em 2017 retorna a Campinas para celebrar os 90 anos do Conservatório Carlos Gomes, uma escola de ballet da cidade a manter por mais de dez anos o ensino dentro da metodologia cubana.

Em 2018, ao completar dez anos de existência, o Pas de Cuba passa a integrar uma proposta mais ampla: "Passos d'América", que dá origem à Escola Latino-Americana de Ballet, um sonho idealizado pelos irmãos Alonso (Fernando e Alberto), quando criaram a Escola Cubana de Ballet: que esta metodologia de ensino fosse a base e a própria Escola Latino-Americana. Assim o Pas de Cuba cmpre sua missão de difundir o ensino do método cubano e realiza o sonho dos irmãos Alonso: de unificar o ensino de ballet na América Latina, com base na metodologia criada por eles. Inaugurando o Passos d'América, um Seminário Acadêmico na UniMetrocamp, realizado no dia 2 de julho de 2018, debateu os "Rumos da Escola Cubana de Ballet na América Latina", com absoluto sucesso.

← Mestres